Doação do Imposto de Renda 2022 para ONGs – Como Fazer


Saiba aqui como fazer para doar o seu Imposto de Renda 2022 para ONGs.

De acordo com informações divulgadas recentemente, os contribuintes da modalidade de pessoa física agora podem doar até 6% do seu imposto de renda. O prazo para fazer isso vai até o mês de abril de 2022. Assim, ao realizar a declaração é possível doar parte do imposto para fundos sociais diversos e responsáveis por destinar verbas para organizações espalhadas por todo o território nacional.


De acordo com as informações destacadas, alguns dos fundos em questão são geridos por conselhos estudais e municipais. Além disso, também é possível fazer doações para entidades que têm ligação com o Estatuto da Criança e do Adolescente.


É possível afirmar que 3% entre os 6% que podem ser doados vão para os fundos dos Direitos das Crianças e do Adolescente. O restante da porcentagem se destina a fundos voltados para os idosos. Então, ao fazer a declaração do Imposto de Renda o site da Receita Federal dá ao contribuinte alguns passos para seguir e formalizar a doação em questão.


Primeiramente, é preciso fazer o preenchimento de uma ficha de Doações Diretamente na Declaração. Então, uma vez que este processo esteja concluído, será possível escolher o modelo completo da declaração e o sistema vai gerar a Darf, que precisa ser paga até o prazo estipulado para a declaração.


Ao preencher a ficha em questão, é preciso ter atenção a algumas questões, visto que é necessário informar corretamente a quantia que deve ser destinada e para qual fundo ela será doada. Existe a possibilidade de escolher um fundo de acordo com as suas preferências e também selecionar em qual esfera ele se encaixa, entre municipal, estadual ou mesmo nacional.

Então, após os fatos destacados será preciso escolher o modelo de declaração e aguardar a emissão da Darf. Uma vez que ela esteja pronta, é necessário somente fazer o pagamento, que não pode ser parcelado. Segundo a Receita Federal, todos os documentos que se referem ao imposto de renda e à Darf devem ser arquivados em até cinco anos.

Porém, é possível afirmar que existe a opção de não escolher um fundo específico. Neste caso, o valor arrecadado chegará às instituições que se inscreverem em editais de projetos que são financiados pelo fundo para o qual o dinheiro do contribuinte foi destinado.

É possível afirmar que em momentos anteriores a Receita Federal fazia algumas ações para promover esta iniciativa. Uma delas é abordar as pessoas nas ruas para garantir que elas fizessem as suas doações, assegurando que os recursos necessários para a manutenção das instituições em questão chegassem ao seu destino. Assim, à época, esse tipo de postura do órgão foi responsável por, em média, 85% das doações recebidas.

Entretanto, o cenário em questão foi modificado. A partir da pandemia surgiram alguns entraves que impedem a Receita Federal de fazer abordagens nas ruas. As medidas de distanciamento social ainda estão sendo recomendadas pelas autoridades de saúde, de modo que é preciso pensar primeiramente na proteção dos funcionários. Logo, este modo de garantir as doações diretamente para os fundos não poderá ser usado.

Porém, caso você esteja interessado em ajudar, é possível afirmar que a lista dos fundos que podem receber doações através do imposto de renda está disponível online e pode ser consultada previamente. Assim, ao preencher a declaração em questão você já saberá para onde deseja destinar a porcentagem do seu dinheiro, garantindo que ele chegará mais rapidamente às mãos de quem precisa para garantir o funcionamento de uma série de projetos importantes para a sociedade como um todo.

Portanto, procure se informar e faça a doação direta, visto que ela pode ajudar mais rapidamente quem está precisando e não vai tomar tanto assim o seu tempo.


Amanda Guimarães Faria


Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.