IRPF 2018 – Consulta ao 3º Lote, Pagamento da Restituição

  

  

A consulta ao 3º lote da restituição foi liberada pela Receita Federal.

Os contribuintes brasileiros que declararam imposto de renda neste ano de 2018 e que terão direito a uma restituição dos valores declarados já podem comemorar.

A Receita Federal anunciou nesta na última segunda-feira, dia 07 de agosto de 2018, que a partir do dia 09 deste mesmo mês, estará disponível para consulta quais contribuintes deverão começar a receber os valores referentes ao seu terceiro lote de restituição.


Uma boa notícia é que deverão estar neste grupo aqueles declarantes que foram apanhados pela malha fina no ano de 2017 e que já estão com a situação regularizada junto ao Fisco nacional.

Se você é um dos milhares de contribuintes que já receberam alguma parcela no mês anterior e cujo valor a restituir ainda não foi devidamente repassado para a sua conta, então é bom ir consultar a Receita Federal para saber se o seu nome está incluído nesta lista.

Os interessados podem ligar diretamente para o Fone Receita no número 146 ou então acessar diretamente o site do órgão (www.receita.fazenda.gov.br).

  

No endereço acima é possível consultar a sua situação. Basta apenas colocar o número do seu CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Para quem acessar o site, logo de início na área de consulta ao lote de restituição do IRPF 2018, vai ser avisado que a Receita deverá fazer a liberação dos valores nas contas de quem tem direito somente a partir do dia 15 de agosto.

De acordo com os dados divulgados pelo órgão, para este ano de 2018 deverão ser pagos cerca de R$ 3,6 bilhões, totalizando 2.852.737 declarantes ativos do sistema de cálculo para o IRPF (Imposto de Renda para Pessoa Física).

Um levantamento feito pela Receita mostrou que para este ano, quase 5.500 contribuintes que têm direito aos valores restituídos são compostos por pessoas com idade acima de 80 anos. Abaixo deste faixa de idade, entre 60 e 79 anos, serão mais de 43.000.

Deste total ainda, mais de 7.900 são portadores de doenças graves e algum tipo de deficiência física ou mental.

Para este ano, os contribuintes que ocupam alguma posição na magistratura representam a sua maior fatia com quase 75.000 beneficiados.

Antes do início do pagamento dos valores anunciados, a Receita já havia anunciado que os valores totais a serem restituídos seriam pagos em sete lotes, sendo o primeiro feito no dia 15 de junho e o último deverá ocorrer no dia 17 de dezembro.

E o que fazer, caso meu nome conste no site, mas nada foi depositado na minha conta bancária?

Caso a sua restituição não seja repassada para a sua conta no banco, mesmo que o seu nome esteja na listagem de restituição, a Receita orienta, então, que os contribuintes procurem a sua agência bancária cujos dados constem na sua última declaração do IRPF 2018.

Outra alternativa seria que os contribuintes procurassem uma agência do Banco do Brasil na sua cidade ou procurassem entrar em contato a instituição através dos telefones divulgados no próprio site do banco (www.bb.com.br).

Para este ano de 2018, segundo as novas regras publicadas pela Receita Federal do Brasil em Instrução Normativa do dia 23 de fevereiro deste ano, deveriam declarar o Imposto de Renda de Pessoa Física aqueles contribuintes cujos rendimentos tributáveis totalizem R$ 28.559,70 no ano de 2017.

Além disso, aqueles contribuintes que receberam rendimentos isentos ou tributados exclusivamente na fonte cujos valores foram superiores a R$ 40.000,00 também são obrigados a declarar para o Leão.

Nesta lista entram também aqueles contribuintes que obtiveram ganhos de rendimentos em operações na Bolsa de Valores, ganhos de capitais com atividade rural com valores superiores a R$ 142.798,50, aqueles que adquiriram bens de valor em 2017 num total superior a R$ 300.000,00 e aqueles que passaram a residir no país até 31 de dezembro de 2017.

Por Emmanoel Gomes

IRPF

Postar Comentário