1º Lote de Restituição do Imposto de Renda 2016 – Consulta

Receita libera consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2016.

A Receita Federal do Brasil liberou nessa quarta-feira (8/06) a consulta ao lote de restituições do IR (Imposto de Renda) 2016. Esta é a primeira consulta que é, em especial, destinada a pessoas idosas e com deficiência física ou mental. Nesta etapa, também serão liberados os lotes residuais. Ou seja, quem caiu na malha fina nos anos anteriores. Logo que seja liberado, o contribuinte poderá saber se está incluído nesta consulta por meio do site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br).

Quem tem tablets e smartphones também poderá fazer a consulta por meio de aplicativos, já que a Receita disponibiliza os mesmos para os contribuintes, senda esta uma forma eficaz de se manter próxima às pessoas que procuram as informações do orgão, segundo a Receita Federal. Por meio destes aplicativos, é possível consultar as restituições disponíveis e também a situação do CPF dos inscritos.

De acordo com a Receita Federal do Brasil, primeiramente serão restituídos contribuintes idosos e que possuam deficiência física, mental ou algum tipo de moléstia grave. Já os outros contribuintes serão restituídos de acordo com a ordem de entrega do IR (Imposto de Renda) 2016.

Os lotes do IR são liberados de junho a dezembro de cada ano, sendo os valores corrigidos de acordo com a taxa de juros básicos da economia, que no momento gira em torno de 14,25% ao ano. Somente neste ano a Receita Federal recebeu mais de 28 mil declarações do Imposto de Renda. O prazo terminou no dia 30 de abril. Após esta etapa, o órgão informou que mais de 700 mil declarações estavam retidas na malha fina. O motivo são as informações prestadas que não são consistentes.

No site da Receita Federal o contribuinte acessa o extrato do Imposto de Renda para saber se está retido na malha fina, fazendo um chamado no e-CAC, que é a Central Virtual de Atendimento do órgão. Após fazer isso, o contribuinte recebe um código de acesso para obter as informações ou então um certificado digital, que neste caso tem emissão da Receita Federal.

Com isso, o contribuinte poderá enviar uma declaração para retificar as informações que foram consideradas inconsistentes pelo Fisco. Em seguida, poderá ser incluído nos lotes residuais da Receita Federal que surgirem durante o ano.

E você, está esperando sua restituição do Imposto de Renda? Está preocupado em cair na malha fina? Acesse o site do órgão para obter mais informações. Deixe um comentário aqui na matéria!

Rodolfo Merino

Ver Comentários

  • Não consigo gerar outro código. Tenho um ativo mas esqueci a senha . Preciso saber se tem pendencia.

  • Sou aposentada...a alguns anos recebia a minha restituição no primeiro lote, esse ano não ocorreu. Esta na fila de restituição...será que virá no 2º lote? Saberia me responder o motivo de não ter vindo? Agradeço desde já.

Compartilhe

Posts Recentes

Restituição do Imposto de Renda 2023 – 3º Lote

Restituição começa a ser paga neste 31 de julho. Recentemente, a Receita Federal do Brasil… Leia Mais

Confira as Novas Regras para o Imposto de Renda 2023

As novas regras para o Imposto de Renda 2023 foram anunciadas pela Receita Federal e… Leia Mais

Imposto de Renda 2023 – Tabela, Faixas, Alíquotas, Como Calcular

A Receita Federal divulgou recentemente detalhes sobre a Declaração do Imposto de Renda 2023 (IRPF… Leia Mais

As diferenças entre IRPF e IRPJ

Ano novo, carnaval e páscoa - logo após um início eufórico rapidamente vêm as responsabilidades… Leia Mais

Alterações tributárias para o Imposto de Renda 2023

Com a chegada do final do ano, algumas possíveis mudanças que poderão ser feitas no… Leia Mais

Isenção de IR para investidor estrangeiro pode ser aprovada este ano

Governo quer isentar o pagamento do Imposto de Renda de investidor estrangeiro que comprar Títulos… Leia Mais